Movie Time #12

em 1 de outubro de 2021

 

Sem Rastros

Informações Sobre o Filme
Ano de lançamento: 2018
Gênero: Drama
Duração: 1h59m
País: Estados Unidos
Direção: Debra Granik
Roteiro: Debra Granik e Anne Rosellini

Sinopse do filme
Um pai e sua filha pré-adolescente levam uma vida totalmente incomum e indetectados pelas autoridades durante anos no Forest Park, uma enorme floresta nos arredores de Portland, Oregon. Após uma situação inesperada, eles são retirados da floresta e colocados sob a responsabilidade do serviço social, fazendo que com isso mude drasticamente a vida de ambos.

Sobre o filme
Quando vi a capa e li a sinopse desse filme na Netflix já me interessei bastante em assistir, até certa parte do filme pensei que não iria gostar tanto assim, porém ao terminar fui surpreendida e fiquei bem comovida com a história. Até certo ponto lembra a série "Sweet Tooth", porém é um filme bem real e dramático e não tem nada de fantasia.
Sem Rastros é uma história muito bem construída que mostra Will, um veterano da Guerra do Iraque que sofre de stress pós-traumático e que decidiu se retirar da sociedade organizada. Para isso, criou uma estrutura complexa de vida na mata de um parque florestal em Portland, Oregon. Seu estilo de vida sobrevivencialista, regrado e em sintonia com o ambiente que o cerca é compartilhado por sua filha de 13 anos, Tom.
Mesmo eles vivendo durante anos na floresta, eles não são analfabetos ou sem-teto. O pai ensina sua filha sobre várias coisas; desde matérias escolares até como sobreviver de fato na floresta. Eles também vão para a cidade vez ou outra comprar comida e itens extremamente básicos e necessários; mas esse é praticamente o único contato com a sociedade que eles tem. Um dia Tom é avistada por uma pessoa e, com a chegada da polícia e assistentes sociais, os dois são forçados a viver em uma casa comum, com um emprego comum para o pai e uma vida escolar comum para a filha. 
É aí que tudo começa a mudar e começamos a perceber o quão complexa é a situação da qual eles vivem. Não é apenas o "viver na floresta", a partir desse momento começamos a refletir e questionar diversas situações: como percebemos as pessoas sem-teto, como a sociedade nos impõe coisas que somos obrigados a fazer e que na maioria das vezes nem nos damos conta disso, em como existe burocracia e falta de humanidade em serviços sociais, começamos a questionar a sociedade em si e o que ela pode nos proporcionar de bem e mal. Também é necessário refletir sobre até onde a vai a nossa liberdade, até que ponto o que nos afeta pode afetar o outro? Será que alguém próximo também deve ser fadado ao sofrimento do outro, sem poder de escolha?
Eu adoro filmes que me fazem refletir sobre assuntos que talvez eu não perceberia na vida... Por isso eu acho a arte de maneira geral incrível!!
Outro ponto importante e talvez essa seja a chave de toda a história, é perceber o crescimento da filha, em como ela vai crescendo como pessoa e percebendo suas vontades e tomando decisões mesmo que com grande sofrimento, tentando seguir o que ela acredita ser o melhor pra ela. Ela passa a ver o mundo com seus próprios olhos e é muito interessante perceber esse amadurecimento da personagem durante todo o filme.
Enfim, eu gostei bastante da história e super recomendo se você também gosta de drama e de refletir sobre a sociedade e sobre a vida de maneira geral.











Caso você queria ver os posts anteriores do Movie Time, segue os links aqui em baixo:

01 ♡ 02 ♡ 03 ♡ 04 ♡ 05 ♡ 06 ♡ 07 ♡ 08 ♡ 09 ♡ 1011

 

21 comentários:

  1. Great post dear, so nice and interesting, love it!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tinha notado esse filme na netflix, vou assistir agora mesmo, obrigada pela dica
    Beijos ♡ | blog | instagram

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro filmes que nos fazem refletir, sempre saio pensando e pensando... esse não é bem o tipo de filme que curto, que apesar de fazer refletir, também me deixa tensa. Adorei a dica, vou repassar ela já que não sou a "pessoa do filme" hehe

    Bom findi!
    tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. I think this movie is so powerful and the acting is super. I haven't seen in quite a long time. Such a great review as well.
    http://www.bauchlefashion.com/2021/10/october-accessories-edit-5-designer.html

    ResponderExcluir
  5. Oi Valéria

    Eu até gosto de filmes(livros também ) que me fazem refletir .Já favoritas livros só por esse motivo.

    Mas não é exatamente o tipo de conteúdo que costumo consumir.O que me faz pensar nessa contradição :gosto , mas não consumo.

    Ainda não tinha ouvido falado desse filme .Vou anotar a dica porque parece ser bem interessante

    Beijos

    https://mundinhoquaseperfeito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Acho que vou tentar ver este fim de semana. Gostei da sinopse.
    Bom fim de semana
    Coisas de Feltro

    ResponderExcluir
  7. Esse ainda não conhecia e parece ser um bom filme, gosto de filmes assim as vezes, refletir, maravilhosa a sua resenha

    beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
  8. Gostei da dica do filme.
    Eu também gosto de filmes que me faz refletir e pensar na vida.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Eu pensava uma coisa completamente diferente desse filme, achava q tinha algum suspense sei lá haha
    Me lembrou um pouco Capitão Fantástico -q é um dos meus favoritos ever, então darei uma chance. Até pq adoro o trabalho da Thomasin Mckenzie.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  10. Interesting movie, thank you for sharing.

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia esse filme ainda, mas já anotei para assistir. Gosto da temática! Parece muito bom.

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  12. Interessante. Primeira vez que ouço falar sobre esse filme. Obrigado pela indicação :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  13. I haven't seen this film or heard about it. Thanks for sharing dear. Have a lovely weekend!

    ResponderExcluir
  14. Amei sua indicação. Gosto muito de filmes que me fazem refletir sobre comportamento e sobre a sociedade de uma forma geral. O último quote que postou bateu forte!

    KAROLINI BARBARA (BLOG)
    @karolinibarbara_

    ResponderExcluir
  15. Que filme mais interessante, adorei a sua dica.
    Big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  16. I haven't heard of this movie before, it sounds interesting! thanks for sharing!

    Hope you have had a lovely weekend :)

    Away From The Blue

    ResponderExcluir
  17. Sounds like an interesting movie. Thanks for sharing!
    xoxo
    Lovely
    www.mynameislovely.com

    ResponderExcluir
  18. Hello!
    I don't know this movie, but I love movies so I'll be happy to watch it :)
    Greetings from Poland!

    ResponderExcluir
  19. Vou já procurar e incluir na minha lista eterna de filmes para assistir na Netflix. Obrigada pela indicação, Váh!

    ResponderExcluir
  20. Oi Valéria, tudo bem?
    Achei a premissa muito interessante, e acho que pensar no que nos tornamos como sociedade é o que eu mais tenho feito ultimamente. Pessoas que se autodeclaram boas sendo cada vez mais egoístas para defender a própria liberdade mesmo que isso tire a vida, não só a liberdade, do outro. Para mim as pessoas não querem viver em sociedade que inclua todes, mas sim fazer um reino com suas próprias regras. Acho que não é um filme para mim no momento, drama agora não vai me fazer muito bem, mas fica na minha lista para quem sabe um dia.

    Até mais;
    Mente Hipercriativa | Universo Invisível

    ResponderExcluir
  21. Parece ser um filme tocante. Não conhecia ainda.

    Boa semana!


    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir

© Hey I'm With The Band | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.