Como ser um inseguro seguro de si

em 17 de junho de 2021


Eu acompanho a Liliane Prata já faz um bom tempo, ela é escritora e tem vídeos muitos interessantes no Youtube onde ela faz reflexões sobre a vida e sempre trás alguns assuntos específicos pra pensamos juntos. Gosto muito do jeito dela porque ela já me fez ver situações de maneiras que eu até então nunca tinha pensado. 
Recentemente um dos vídeos que me chamou muita atenção foi esse que dá título ao post "como ser um inseguro seguro de si". Eu nunca tive medo de falar que sou uma pessoa insegura, e conforme o tempo foi passando tenho menos medo ainda de dizer isso. E no vídeo ela trás esses questionamentos, já que somos inseguros é extremamente importante admitirmos isso, afinal é o que somos.
Mas uma coisa da qual ela comenta e que eu nunca havia pensado sobre, é justamente isso de aceitar que somos assim. Por muitas vezes eu sinto que devo mudar isso de forma brusca, a sociedade atual nos impõe isso; "seja confiante", "acredite em você mesma" e muitas outras frases parecidas que eu ouço por aí. Porém, eu não me sinto confiante, em muitos momentos eu não acredito em mim mesma e tentar mudar isso vira um grande e doloroso sofrimento pra mim, porque eu não sou assim. Esse discurso de total autoconfiança não funciona pra mim.
O primeiro passo pra tentar mudar e melhorar é aceitar o jeito que somos, e a partir daí tentar ver caminhos dos quais podemos seguir para evoluir. A insegurança me atrapalha, mas tentar mudar o que eu sou me causa mais sofrimento. 
Deixar de ser insegura é algo que eu tenho praticamente total certeza que eu nunca vou deixar de ser, ser insegura é uma característica minha; então preciso aprender a conviver com isso da melhor maneira possível. Ser uma insegura segura de mim. Saber que eu tenho minhas limitações, que sou mais "perturbável" como a própria Lili diz e sabe, tá tudo bem. É claro, que eu preciso tentar modificar o que pode ser modificado, mas sem pressão e com muita paciência. 
É como a Lili também comenta, é melhor ser quem você é do melhor jeito, do que você tentar ser quem você não é. E ver beleza nisso. Ver beleza na sua subjetividade, no seu jeitinho de ser. Eu nunca havia pensado na minha insegurança de forma mais carinhosa, isso de ver beleza no que pra muitos não é nada belo me trás um acalento pro coração.
Talvez pra algumas pessoas isso não faça sentido, talvez pra você o correto é mudar e pronto, mas até que ponto esse sofrimento de mudar a todo custo vale a pena? 
Enfim, queria compartilhar esse assunto com vocês que pra mim fez total sentido e que eu me identifiquei muito. Assistam ao vídeo da Lili, ela comenta vários pontos muitos interessantes sobre essa questão da insegurança.
E claro, comentem o que vocês acham sobre esse assunto, se concordam ou não. Vamos debater. Fiquem bem! ♥

Music Monday

em 14 de junho de 2021


Olá amigos, tudo bem? Esses tempos eu postei algumas fotos e como trilha sonora do post eu coloquei uma música do Machine Gun Kelly e comentei que faria um Music Monday sobre ele, pois bem, esse dia chegou haha!
Se você é atento ao mundo da música e suas novidades é bem provável que esse post não seja nada novo pra você, afinal o MGK (abreviação de Machine Gun Kelly) está bem em alta com seu novo álbum, mas caso você não acompanhe as novidades musicais sugiro que leia esse post, vai valer a pena ;)
Bom, vamos começar no início haha... Machine Gun Kelly ou Colson Baker é um cantor, rapper, compositor, ator e músico americano originário de Cleveland, Ohio. 
Ele embarcou na carreira musical ainda adolescente, lançando uma mixtape em 2006. Em 2011 assinou contrato com a Bad Boy Records e Interscope Records. O álbum de estreia de Baker, "Lace Up" foi lançado em 2012. No início de 2015, ele lançou seu segundo álbum de estúdio, "General Admission". Seu terceiro álbum de estúdio, "Bloom" foi lançado em 2017 e inclui o single "Bad Things" em parceria com a cantora Camila Cabello. Seu quarto álbum de estúdio, "Hotel Diablo" foi lançado em 2019 e contou a música "I Think I'm Okay" com participação de Travis Barker do Blink-182 e do cantor Yungblud, inclusive foi por causa dessa música que eu o conheci.
Seu quinto álbum de estúdio "Tickets to My Downfall" foi lançado em setembro de 2020, o álbum marcou um desvio do rap em favor de um estilo mais pop punk.
Como ator, Baker fez sua estreia no cinema no drama romântico de 2014 Beyond the Lights (Nos Bastidores da Fama). Ele também apareceu em vários outros filmes, o mais recente Project Power de 2020, está disponível na Netflix.
Acho que o Machine Gun Kelly, assim como o Yungblud, Mod Sun entre outros definem bem o estilo do rock atual. O rock sempre se reinventa e acho que esses artistas são grande prova disso. Um rock mais comercial claro, mas que não deixa de ser rock e o bom é que com esse estilo se pode alcançar muito mais pessoas, é algo mais acessível, tanto que "Tickets to My Downfall" chegou ao 1° lugar na Billboard em outubro de 2020, pra vocês verem que o rock sempre está presente de uma forma ou de outra.

Sobre essa mudança de rap para o pop punk em entrevista a Rolling Stone ele foi questionado:

Seu disco vai em uma direção muito diferente do que os anteriores. Quando você decidiu que era hora de mudar? Que era hora de fazer pop punk?
Para ser honesto, universo só me disse. Isso fluiu em mim como se eu não tivesse um plano. O mundo precisava disso, esse revival da música com instrumento, vindo de alguém parado em uma plataforma influente bastante para fazer adolescentes que não tem interesse nenhum em música se interessarem por isso. Foi a mesma coisa com Kurt Cobain, ou Jimi Hendrix ou Travis na bateria.
Então, parecia que as letras... Não é como se as estrelas tivessem se alinhado e me escolhido para fazer isso, mas eu sentia que não estava no controle na maior parte do tempo. Foi como se essas músicas só saíssem de mim. Foi que nem no clipe de "Bloody Valentine".  Sabe, você só apaga, e essas músicas me fizeram acordar no dia seguinte pensando "Ai meu Deus, isso é muito louco.”

O álbum fez tanto sucesso que ganhou um filme musical intitulado “Downfalls High”, que traz as faixas de seu último álbum em forma de uma história de amor adolescente e atual.
Também em entrevista MGK revelou que concluiu as filmagens em quatro dias enquanto também atuava pela primeira vez como diretor:

“Foi quase como filmar 14 clipes de trás para frente, mas com uma narrativa que está fora das minhas histórias pessoais. Se concentra em outros personagens, e então eu e o Travis somos apenas os narradores”, diz o artista.
Travis Barker foi quem produziu seu último disco e que também colabora na produção executiva no filme.

Enfim, esse post está enorme! Mas eu queria fazer algo bem completo então é assim mesmo. A música escolhida de hoje pra vocês ouvirem é "Bloody Valentine" e claro que está presente no mais recente álbum do cara; curiosidade deste clipe é que a atriz que participa é a Megan Fox, atual namorada do MGK.
Também vou deixar aqui o filme musical “Downfalls High” caso tenham interesse de assistir e de quebra já ouvir todas as músicas mais recentes do MGK. 
É isso pessoal, espero que tenham gostado :)

"Tudo bem
A simulação ficou ruim
Mas você é a melhor que eu já tive
Como marcas de mãos em cimento molhado
Ela me tocou, é permanente
Na minha cabeça, na minha cabeça
Eu não consegui ouvir nada que você disse, mas
Na minha cabeça, na minha cabeça
Eu estou te chamando de namorada, que porra é essa?
Eu não faço amor falso
Mas vou tirar um pouco de você hoje à noite
Eu sei que tenho que ir
Mas posso perder o voo
Eu não posso ficar para sempre, vamos brincar de fingir
E trate esta noite como se fosse acontecer novamente
Você será minha namorada sangrenta esta noite
Estou superestimulado e triste
Não espero que você entenda
Não há nada menos que romance verdadeiro
Ou estou apenas fazendo uma bagunça?
Na minha cabeça, na minha cabeça
Estou deitado nu com você, pois é
Na minha cabeça, na minha cabeça
Estou pronto para morrer segurando sua mão
Não posso esconder
O que sinto por você
Desisti de tudo esta noite
Se eu pudesse ter você, seja minha
Seja minha, querida
Não consigo esconder (não consigo esconder esses sentimentos, não)
O que sinto por você (não posso esconder esses sentimentos)
Desisti de tudo hoje à noite (não posso esconder esses sentimentos)
Se eu pudesse ter você, seja minha (desisti de tudo por você)
Seja minha"


“Downfalls High” 
O link para assistir legendado está na descrição desse vídeo ;)


Curta a página do Machine Gun Kelly no Facebook
Siga o rapper no Twitter
Siga o rapper no Instagram

Apoie a cena!

Bloomin Clothing

em 10 de junho de 2021


No começo do ano eu compartilhei com vocês a minha experiência em ser modelo da Bloomin Clothing, uma marca de roupas de uma amiga minha, a Stephannie.
Aliás, quem não viu esses posts, veja, porque as fotos ficaram incríveis! Você pode ver aqui e o making of aqui
Foi uma experiência muito legal e divertida, sem contar que foi o primeiro trabalho de modelo em que eu ganhei um dinheirinho hehe, por isso fiquei extremamente feliz e empolgada.
Em abril a Ste me convidou novamente para estrelar a mais nova coleção da marca e claro que eu aceitei, ou seja hoje teremos mais fotos lindas por aqui. Dessa vez o fotógrafo foi o Rodrigo, ele é de São Paulo mas veio pra Curitiba fotografar tanto as novas peças da Bloomin quanto outros trabalhos pela cidade.
O resultado ficou bem interessante e acho que combinou bem com o estilo dessa nova coleção. Então bora conferir! Espero que vocês gostem ♥


A locação foi um apartamento muito fofo chamado Cafofinho.




Ste e Rodrigo.



A nova coleção cápsula Dark Academy foi inspirada em temas, cores e padronagens sugeridos pelas seguidoras do Instagram.  A estética "dark academy" foi amor à primeira vista, tudo aquilo que queríamos para o outono inverno. Outras referências que foram a base de inspiração foi a série "The End of the F***ing World" e "vilãs da Disney".





O vestido Malévola é feito com uma malha leve de moletom e todo cheio de glitter 








Esse é o Blazer Oversized Cruella. O xadrez príncipe de gales traz a sofisticação que é marca registrada da Cruella, além de que tem toda estética de Londres, que é a cidade natal dela. Essa padronagem que combina tão bem com vermelho, preto e branco é um mix de cores que é a cara da Cruella, assim como a moderna e estilosa modelagem oversized.


A Saia Cruella foi criada para ser conjunto do Blazer Oversized Cruella. As duas peças são tão especiais que usadas juntas criam um visual completamente incrível; são tão charmosas e versáteis que podem compor looks lindos se usadas separadamente também.














O vestido Ursula é feito de veludo em um tom de marrom/verde bem escuro que nos lembra muito as algas e folhagens do fundo do mar. A linda silhueta que o vestido desenha no corpo faz parte do visual da Ursula que sempre procura valorizar suas curvas. A forma como o veludo, um tecido levemente mais pesado, cai lindamente no corpo nos remete à forma como a personagem se move deslizando pelo mar.












Looks simplesmente lindos não acham? E as fotos ficaram muito boas também! Eu amei participar como modelo dessa nova coleção, foi uma ótima oportunidade.
E vocês o que acharam?

Acompanhe a Bloomin nas redes sociais:


Damarate Confeitaria

em 8 de junho de 2021

 


E aqui estamos com mais um post sobre um café super legal e gostoso que conheci recentemente. Dia 15.05 eu e o Giordano fomos na Damarate Confeitaria, foi o Giordano que me apresentou este lugar, até então eu nunca tinha ouvido falar.
Tem duas confeitarias pela cidade, dessa vez fomos na loja menor, que é uma graça. Aliás, eu deveria ter tirado mais fotos pra fazer esse tipo de post, porém sempre esqueço ou quando lembro fico com vergonha de ficar tirando muitas fotos no lugar; vocês também são assim??


Um milagre aconteceu nesse dia, eu pedi chocolate quente em vez de café hahaha!
Estava uma delícia, mas gente do céu, que negócio doce! E olha que eu amooo doces, sou uma formiguinha; mas esse chocolate quente parecia a cobertura de bolo pura sabe?
Tanto que pedimos um pedaço de bolo também, mas não conseguimos comer lá e levamos pra casa.




Algumas fotos que tiramos lá perto da confeitaria.





Agora quero conhecer a outra loja que é maior e talvez pedir um café mesmo no lugar do chocolate quente hahahaha!

Caso queira conhecer a Damarate Confeitaria segue o endereço e horário de funcionamento:

Rua Dr. Alexandre Gutierrez, 718 - Água Verde
Rua Moysés Marcondes, 357 - Juvevê
Aberto de segunda a sexta-feira das 12:00h ás 19:00h
Sábado das 13:00h ás 19:00h e domingo fechado.

© Hey I'm With The Band | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.