Deve ser a coisa da idade

em 11 de maio de 2022


"Deve ser coisa da idade
Mas eu não consigo enxergar tão longe
Eu sempre te disse a verdade
Mas já não me vejo mais como antes
Hoje eu me sinto bem mais distante"

                                                                                Menores Atos - Miopia  


Um emaranhado de pensamentos e sentimentos que provavelmente não farão mais sentido dentro de alguns dias e que certamente me farão se sentir culpada por pensar dessa maneira. Mas aqui acho que sou um pouco menos julgada e afinal é meu diário virtual.

De uns tempos pra cá me sinto cada vez mais distante dos amigos, mais solitária com relação as amizades...
Lembro que desde criança minha mãe sempre me ensinou a valorizar as amizades, ela mesma é um bom exemplo disso; minha mãe mantém contato com amigas (que viraram comadres haha) desde quando elas eram solteiras, ou seja, amizades que duram 40 anos... elas se ligam, vão uma na casa da outra... é bonito de ver! Por isso sempre acreditei e acredito que a amizade é um tesouro. 
Já vivi vários períodos durante a vida tendo poucos amigos, menos companhias pra boas conversas e passeios. Pode ser que faça parte da vida passar por fases assim, mas nunca foi fácil e continua não sendo.
Mas com o tempo percebo também que a amizade assim como qualquer outra relação é uma via de mão dupla e requer reciprocidade, paciência e sabedoria para ceder quando necessário.
Desde muito novinha sempre me imaginei viajando com amigos, vivendo altas aventuras, compartilhando todos os momentos, bem igual aos filmes. Mas na vida real nem sempre é assim. Principalmente na vida adulta. Trabalho, estudo, cansaço, momentos  de descanso, namoro, casamento, dinheiro, a famosa vida corrida e até desculpas... As pessoas começam a ter suas prioridades e nos momentos de lazer cada um quer fazer o que se sente melhor e está ao seu alcance. 
Hoje percebo que tem rolês que eu não tô a fim de ir, que não combinam comigo e que eu prefiro ficar em casa vendo filme se não for pra ser algo que eu realmente curta fazer. Talvez eu não esteja mais tão disposta a ceder tanto assim, assim como as outras pessoas pensam a mesma coisa. Dessa maneira, cada um vai ficando cada vez mais na sua bolha. 
Também não tenho paciência pra quem pensa muito diferente de mim, apesar de sempre ter gostado muito de ter amigos dos mais variados estilos e pensamentos, hoje em dia tenho preguiça de conversas das quais eu tenha que fazer um grande esforço pra mostrar minha opinião. É cansativo. Prefiro permanecer quieta. E quando encontrar pessoas com os menos gostos e pensamentos aí sim trocar boas conversas. Não quero desabafar com alguém e ouvir sermão. Eu já faço isso comigo mesma dentro da minha cabeça o tempo todo. Eu só quero poder reclamar quando estou farta da vida e ser compreendida.
Recentemente lembrei de alguns vídeos que vi e que agora fazem todo sentido pra mim. De como é bom ter amigos que estão na mesma fase de vida que você. Amigos que tem os mesmos princípios que os seus. Talvez eu sinta falta disso. Amizades que estejam na mesma fase que a minha. Afinal, é tão bom se sentir acolhida e acolher quem também está passando pelas mesmas coisas. Compartilhar e crescer juntos.
Talvez isso seja sinal de que estou mesmo ficando mais velha e de fato as prioridades e o ânimo mudaram. Fato é que, me sinto mais solitária com relação as amizades e acho que não tem ninguém culpado nisso. 
Minhas amigas mais próximas estão em outra vibe, da qual eu não consigo e talvez não queira participar. Pode ser que parte da culpa seja minha, afinal tenho me percebido cada vez mais fechada pra conversas. Não vejo importância em contar minhas aflições e as coisas do dia a dia, parece que tudo o que faço é sem importância ou inválido, então prefiro guardar pra mim. E assim as amizades vão se tornando cada vez mais rasas e eu mais solitária. 
Sempre me achei uma boa amiga e acredito que ainda sou, talvez seja apenas uma fase, ou então realmente o início do que será no futuro; cada um mais na sua.
Enfim, um desabafo de algo que tenho vivido...
E gostaria de saber se pra vocês, o que eu escrevi faz sentido.... 
Será que quanto mais velhos ficamos menos amigos temos?

5 comentários:

  1. Esse post fez todo sentido! Ultimamente estou me sentindo exatamente como você escreveu. Eu não tenho mais contato com minhas amizades de infância ou adolescência, os amigos que fiz na faculdade já distanciaram bastante, eu fui a primeira a casa e acho que vou ser a última a ter filhos. Com isso, sinto que não consigo "encontrar" alguém com os mesmos pensamentos que eu. Exceto meu marido. Deve ser por isso que a gente passa tanto tempo junto.
    Mas as vezes sinto falta de sair com alguma amiga, tomar um café e conversar. Talvez serja coisa da idade mesmo...

    ResponderExcluir
  2. Acredite, quanto mais velha você fica mais seletiva com relação as amizades.
    A vida é corrida, cada pessoa tem sua rotina e fica complicado conciliar tudo como a gente gostaria.
    Sinto falta de estar mais com as amigas.
    big beijos

    ResponderExcluir
  3. Oie ! Incrível sua reflexão, me sinto da mesma forma, acho incrível essas amizades duradouras, que conversam e tem papo para todos os dias, mas acho que não sou assim. E como você disse, precisa ser uma via de mão dupla.

    www.blogresenhando.travel.blog

    ResponderExcluir
  4. Pra mim tem todo sentido, Val. Eu nunca fui de muitos amigos, sempre tive o meu "mundinho". Mas em fases ando com mais pessoas e em outras, sozinha. Um fato que reparei é que quando eu comecei a namorar, acabei ficando sem tempo e disposição para outras pessoas. Agora que o relacionamento acabou, me sinto muito sozinha em vários momentos, porque ele foi a minha "duplinha" nos meus últimos anos :/ (e ngm é substituível). Fica aquele vazio e por outro lado essa questão que você mencionou: menos pessoas na mesma fase que a minha, pessoas com gostos e opiniões muito diferentes, as quais não tenho paciência de ficar debatendo taaaanto.
    Brinco que eu tenho mais amigos na internet do que pessoalmente, já que parece que quem nos conhece julgam mais.
    Nem tenho paciência pra contar o que sinto e o que eu passo. Já tô no "tanto faz". Mas acho que pode ser também uma fase, já que a gente fica transitando durante a vida toda em ciclos. Se é idade ou não, também quero saber xD.
    Beijos,
    Mundo Perdido da Carol
    Instagram: @carolinsweet
    Me siga no Pinterest

    ResponderExcluir
  5. Adorei tua reflexão/desabafo! Eu te acho uma ótima amiga *-* mas acho que realmente, conforme o tempo passa, temos menos amigos. As pessoas ficam cheias de afazeres e sobra pouco tempo pra compartilhar com os outros. Eu nunca tive muitos amigos e nunca me imaginei tendo amigos a vida toda (minha mãe não tem nenhum...) então pra mim é mais normal. Mas sinto falta de me identificar com as pessoas. Acho que as redes sociais jogam informações de todos o tempo todo e isso nos deixa com humor depressivo. Eu também adoro falar/desabafar/reclamar, e as vezes só quero externar isso, na maioria das vezes a gente sabe a solução, só não tem como exercer ela. Estou sempre a disposição pra conversar <3

    Beijinhos
    tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir

© Hey I'm With The Band | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.