Resenha - Banda Cefa - CAØS

em 8 de outubro de 2020


Depois de um Tweet em que o Caio, vocalista da banda Cefa, publicou perguntando sobre blogs que topariam fazer uma resenha do novo álbum da banda recebi um e-mail do mesmo para ouvir o álbum com exclusividade e compartilhar aqui minha opinião sobre as novas músicas.
Estou longe de saber tudo sobre música, destacar os riffs e timbres mais importantes ou coisas mais técnicas, mas como a banda tem a sonoridade e estilo dos quais eu me identifico e gosto de ouvir acho que é uma oportunidade para pessoas leigas assim como eu terem uma ideia de como será esse álbum. 

Mas primeiro vamos conhecer um pouco mais sobre a banda:

Cefa é uma banda aqui no Paraná, mas precisamente de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. 
Após diversas mudanças na formação e sonoridade desde sua concepção em 2012, a banda formada atualmente por Caio Weber (vocal), Gabe Oliveira (guitarra), Giovani Gonçalves (baixo) e Bruno Silos (bateria), passeia entre várias vertentes musicais com shows sempre viscerais e letras confessionais.
Com mais de 4 mil de plays em suas plataformas e 30 mil seguidores em suas redes sociais, os curitibanos já excursionaram por todas as capitais do Sul e Sudeste, tocando ao lado de grandes nomes da música independente como CPM22, Dead Fish, Supercombo, Scalene, entre outros. 
A banda tem como discografia o EP "Os Dias que Antecedem As Rosas" (2012), o primeiro álbum "O Fantástico Azul ao Longe" (2015), uma compilação de singles entre 2017 e 2019 intitulada “Alúmen” e o lançamento de CAØS fica para o próximo dia 16 de outubro.

CAØS

Caos é, no sentido figurado e mais popular da palavra, uma confusão de ideias, um amontoado de coisas que se misturam, a desorganização mental e espacial. 
O segundo álbum completo de estúdio da Cefa com lançamento marcado para dia 16 de outubro, aborda em 12 faixas todo esse caos estrutural que nos afeta diretamente, tanto como indivíduos quanto sociedade. Baseado nos sentimentos humanos e nos problemas sociais, o trabalho discute em suas letras temas que vão desde pautas sociais como homofobia, preconceito religioso, bullying, relacionamentos abusivos, política, até abordagens mais pessoais e existencialistas como saúde mental.
Produzido em janeiro de 2020 em uma chácara no interior do Paraná, o disco explora ao máximo todo o universo sonoro construído ao longo dos oito anos de existência da banda, passeando de forma não-linear entre momentos pesados e agressivos a passagens melancólicas e sentimentais. O álbum ainda conta com a participação de Lucas Silveira (Fresno) em uma das faixas.
Os bastidores de todo esse processo foram registrados e deram origem ao documentário "Além de todo esse caos" que você pode assistir abaixo:


Minhas impressões sobre CAØS


Antes de tudo destaco essa arte linda da capa, adorei o desenho e as cores. 
O álbum se inicia com a música "Impulso" um música forte e política e até arrisco dizer bem punk. Eu gosto muito desse estilo de música mais política e de revolução, então na minha opinião o álbum já começa na 'paulada' nos jogando várias verdades na cara. Só não enxerga quem não quer.

"Construíram tantos muros entre nós
E decidiram quem devia ou não ter voz
 Vidas inocentes soterradas
Mas o que vale é um papel que rasga
 Chega de ignorar o {impulsø} de acordar
A omissão é conivência
Não há desculpas pra justificar
Tanta falta de empatia"



"Imensidão" fala de um tema mais pessoal, me identifiquei bastante com a letra. E já nessa segunda música percebo que as letras serão assim, tapa atrás de tapa na nossa cara (da melhor forma possível).

"As palavras que atiram em você
Nunca deixaram de arder, eu sei
Mas você é seu próprio lar
E aquilo que tanto procura
Se esconde aí dentro
Além de todo esse caos"



"Céu Nublado" vai seguindo com letras profundas e até melancólicas. Aqui eles me lembraram a banda Menores Atos, ótimo som pra ouvir naquele momento de bad e que precisamos de algo para nos identificar.

O álbum segue com a música "Neblina", que fala de um relacionamento abusivo. Essa música me emocionou bastante, afinal quantas vezes não nos submetemos a sentimentos e pessoas "que nunca deixou claro se quer te fazer sorrir ou apenas te machucar" ?

Seguindo nessa temática de relacionamento e quando digo isso pode-se incluir qualquer tipo de relacionamento; vem a faixa "Eu Escolhi a Dor", música com menos de 3 minutos mas com a mesma força das outras e que se encaixa muito bem com a temática abusiva da música anterior, porém dessa vez ilustra o processo de se afastar das pessoas que nos fazem mal, mesmo que isso não seja fácil e extremamente doloroso.

"Não Vão Silenciar" volta a falar de política e do que estamos vivendo hoje em dia. Uma música mais pesada também no sentido do vocal, com alguns berros o que na minha opinião se encaixou muito bem, ainda mais com essa temática de desespero e urgência em relação ao que precisamos mudar e ao que está preso em nossa garganta.

Amei o inicio de "Distorcendo as Palavras", a temática continua falando de quem nos governa atualmente. Acho que todo mundo deveria ouvir essa música, algo necessário sabe... Eu acho incrível como podemos usar a arte para falar de diversos assuntos e mostrar nossa indignação sobre várias coisas e consequentemente passar isso a diante a pessoas que talvez nunca tenham pensado de outro jeito.

“Perdoai nossas ofensas
Mas destrua a quem nos tenha ofendido
Piedade segregada é a nova lei da casa
 Assim, quem erra morre sem céu
E a minoria morre esmagada”

Mais Um Dia (Parte 2) ganhou clipe, o vídeo todo em preto e branco combina com a melancolia da música. Fiquei abismada porque o Caio, vocalista dirigiu, roteirizou e também produziu além da música também o clipe no caso.
Me identifiquei muito com essa música, eu gosto muito de frases bem feitas e cheias de sentimentos, e é isso que esse som tem. Talvez essa seja a minha preferida do álbum.

"Estou cansado
De tanto procurar
Um lugar onde eu possa
Me sentir em casa
Estou cansado
De ter que disfarçar
Um sorriso na cara
Pra não me explicar"


O álbum segue com a música "A Sós", calma e leve, porém a melancolia continua presente. Admiro muito os compositores que conseguem usar as palavras de forma tão sábia, que se encaixam perfeitamente. Foi isso que pensei ao ouvir essa faixa.

"O Que Sobra do Adeus" continua sendo bem pessoal e digo que até triste. Talvez posamos relacionar com a perda do baterista Raphael Franklin, que infelizmente morreu em 2014.

"Você ainda era tão novo
E tinha tantos sonhos
Mas a vida só tinha uma chance pra dar
E por algum motivo que eu custo aceitar
Você foi e eu fiquei
E agora mesmo com o fardo pesado demais
Eu já não posso mais voltar atrás
É por você que eu me lancei nesse mar aberto"



Chegamos na faixa "Solidão" com a participação de Lucas Silveira da banda Fresno. As duas vozes combinam muito bem. Parando pra pensar pode-se notar uma grande influência de Fresno nas composições da banda Cefa. Não é de se surpreender, afinal Fresno foi e é uma grande referência para bandas do estilo.
Gostei muito dessa faixa, mas mesmo com essa incrível participação pra mim não é a preferida.

Pra finalizar o álbum, a música "Desabafo". Extremamente simples, ao som de grilos e mata ao fundo fecha bem o álbum com a melancolia presente em todas as faixas. Arrisco dizer que essa seja a que eu menos curti no álbum todo, mas mesmo assim mostra bem o que a banda Cefa é, e o que esse Caos foi.

No geral gostei bastante de CAØS; fala de sentimentos, política e com essa pegada bem emotiva e característica da banda e do estilo. Super recomendo o álbum! 

Você pode fazer o pré-save do álbum clicando aqui.

Muito obrigada ao Caio pelo convite. Desejo todo sucesso nessa nova fase!

Curta a página da banda no Facebook
Siga a banda no Twitter
Siga a banda no Instagram

Apoie a cena!

33 comentários:

  1. How exciting to get this opportunity! Definitely they are so creative and hard rocker, as well. Although, I love that manbun the lead singer had going on in that one segment! I can imagine how great the show would be! Such a great post! Go you! And of course this amazing band, too!

    ResponderExcluir
  2. Awesome band! I certainly hope they get lots of opportunities globally! Definitely a worthy listen with some infectious lyrics too!

    ResponderExcluir
  3. Grato por me fazer conhecer essa banda. A capa do cd está incrível e eu fiquei curioso pra ouvir o álbum.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  4. Amei o post. Não conhecia a banda e já vou querer ouvir quando lançar.
    Adorei essa estética e em como aborda temas importantes, e em especial, a participação do Lucas
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia a banda, mas olha, parece mesmo muito boa. Quero conhecê-los mais. :D

    Beijo.
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  6. Eu não conhecia a banda, gostei de saber que são do Paraná.
    E não tem como negar que a arte do inicio do seu post é impecável.
    Beijos.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gente, não conhecia a banda. Antigamente eu amava demais escutar bandas nacionais (e internacionais também) que não são tão conhecidas, principalmente entre 2011 a 2014. Depois fiquei meio abandonando e pegando playlist prontas.
    Eu ouvi "Mais Um dia (Parte 2)" e me lembrou demais NX Zero, eu ouvia muito a banda em 2012. Fiquei até nostálgica.
    Beijos,
    Mundo Perdido da Carol
    Instagram: @carolinsweet
    Fan Page

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia a banda. Gostei de Mais Um Dia. e que oportunidade legal!

    Beijos/Kisses.



    Anete Oliveira

    Blog Coisitas e Coisinhas

    Fanpage

    Instagram

    ResponderExcluir
  9. Adorei os trechos que você selecionou, parece ser uma banda muito boa e original <3
    Beijoss, Blog Seja Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  10. Lovely music! thank you for sharing! :)

    Hope that you are having a lovely weekend :)

    Away From Blue

    ResponderExcluir
  11. Beautiful songs and first photo look so beautiful. I like it so much.

    New Post - https://www.exclusivebeautydiary.com/2020/10/chanel-joues-contraste-powder-blush-55.html

    ResponderExcluir
  12. Que demais Val! Tá ficando famosa hein! rs

    Não conhecia a banda, mas gostei das letras e das artes. Nossa o coração com flores ficou lindo ♥

    ResponderExcluir
  13. Love the post! So talented! Wishing them the best in success! & you too!

    Better Left Unsaid
    https://heathandnick.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Muito bacana a dica!

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  15. Adorei sua iniciativa de divulgar o trabalho deles, a banda é bem interessante e faz músicas que são inspiradoras!
    Gostei da criatividade em escolher o nome da banda e dos temas que eles retratam, deveria ser utilidade pública as pessoas ouvirem as músicas e ter mais empatia com o próximo e respeitar a diversidade.
    Foi impossível escolher a música que mais gostei... até me inscrevi no canal deles para acompahar o trabalho de perto.
    Beijos. 
    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  16. no conocía este grupo asi que te agradezco que hayas incluido algo de su musica en el post.

    ResponderExcluir
  17. Caramba! Realmente são vários tapas na cara da sociedade, viu? Eu fiquei impressionada com a arte da capa do cd, que está linda por sinal. Meus parabéns por ter sido escolhida e essa foi a primeira resenha que vejo de um álbum de música. Achei super legal! =)
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  18. Beautiful songs and interesting lyrics. Thanks for sharing.

    https://modaodaradosti.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Olá Valéria,
    Não conhecia essa banda e achei o som bem interessante.
    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  20. This is a wonderful band! Thanks for sharing with us. Have a great day!
    Rampdiary
    Beautyandfashionfreaks

    ResponderExcluir
  21. Devo confessar que não conhecia... Obrigada pela partilha!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  22. Again you left us with great piece of music :-) Ty xx

    ResponderExcluir
  23. Que legal, amei a arte, eles tem muito talento, gostei da música também. E gostei muito de conhecer a banda através do seu post :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  24. Que experiências incrível!! Adorei saber mais sobre esse novo álbum.
    A Chata de Batom

    ResponderExcluir
  25. Ai que saudades que eu tava de vir aqui e conhecer novas bandas através de ti!!! ♥

    Com amor,
    Steph • Não é Berlim

    ResponderExcluir
  26. Oi, Sim.
    Passando aqui para lhe desejar uma ótima semana.
    Beijos.




    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Uau, não conhecia a banda e amei conhecer a história deles. As músicas são boas demais! Arrasou no post. <3

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  28. Que experiência maravilhosa, amei o seu post e review das músicas, fiquei doida para escutar todo o album

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
  29. You and your friends are so beautiful and it was very interesting to look behind the scene photos.

    New Post - https://www.exclusivebeautydiary.com/2020/10/dr-brandt-xtend-your-youth-face-cream.html

    ResponderExcluir
  30. These are fab photos and I really, really like your haircut, that blunt fridge is fab! Have a good wkend, Xo
    https://myfashionslashlife.com/how-to-feel-beautiful-with-short-afro-hair/

    ResponderExcluir
  31. Que arte linda! A banda não conhecia e seu post foi uma ótima oportunidade para colocar na playlist!

    Beijos!
    tucacheias.com

    ResponderExcluir

© Hey I'm With The Band | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.