Thanks For The Memories #35

em 21 de novembro de 2019

Show do Bad Religion e The Offspring


Dia 28.10 teve show de duas bandas que eu gosto muitooo, Bad Religion e The Offspring! Esse foi meu 4ª show do Bad Religion e o primeiro do The Offspring. Foi a realização de um sonho.


Os caras do Bad Religion são incríveis, mesmo tendo seus lá 50 e poucos anos todos eles tem muita energia e arrasam no palco! Eu posso ver mil shows dessa banda e vou adorar os mil haha! Em 2016 eu comentei sobre o show deles nesse post.



Eu fui sozinha ao show e por sorte consegui ficar praticamente na grade, só tinha uma menina na minha frente. Deu pra curtir muito o show do Bad Religion ♥



Greg Graffin é incrível! Ele tem um jeito único no palco e uma voz muito boa. É muito engraçado pensar que o primeiro show que eu vi ele ainda tinha cabelo escuro e nos últimos já está de cabelos brancos, porém achei ele até mais jovem do que no show de 2016. Tio Greg em ótima forma hehe!


Já no show do Offspring a galera foi a loucura! Até porque tinha mais fãs deles do que do Bad Religion. O lugar estava lotado, os ingressos deram sold out; o que é ótimo mas vocês devem imaginar o empurra empurra. Eu como estava bem em frente ao palco sofri nesse show. A galera empurrando muito, a menina que estava na minha frente foi muito grossa e não deixava eu apenas segurar na grade pra não cair, estava muito calor, minha pressão baixou, comecei a passar mal em vários momentos. Mas como sou forte e já tô acostumada com isso, macaca velha de shows de punk rock haha, resisti e fiquei alí mesmo. 


Gostaria muito de ter aproveitado mais o show dos caras, mas foi complicado... Offspring me lembra muitos momentos; meu irmão falando do clipe de "Pretty Fly (For a White Guy)", ver aos clipes na MTV; lembro que a primeira vez que eles vieram pra Curitiba se não me engano foi em 2004 e eu estava na escola, lembro que queria muitooo ir, porém naquela época sem condições. De lá pra cá eles voltaram várias vezes, inclusive pra esses grandes festivais, mas como nunca era em Curitiba eu sempre tive que deixar passar...
Por isso ir nesse show aqui na minha cidade foi a realização de um sonho. Não só pra mim, mas pra grande maioria do pessoal que cresceu e ainda ouve a banda. Tinha muitos caras mais velhos, tinha também o pessoal mais jovem mas acho que não era a maioria na minha opinião.


Noodles é uma figura! Com seus óculos fundo de garrafa é super animado e falou bastante frases em português, inclusive "vocês são sexy" hahaha!


O que falar do tio Dexter? Eu lembro que quando era novinha tinha um certo "medo" dele hahaha, sei lá, o olhar, esse cabelo, adorava a música mas achava ele meio "estranho". Bobagem! O polaco é muito simpático, tem um sorriso bem lindo, olhava o lugar lotado e sorria genuinamente, dava pra ver que ele tava feliz em estar alí.
Muitos dizem que ele não de mexe muito nos shows, mas é o jeito dele e ele deu sim uns pulinhos haha! 



Ele tá gordinho, olha essa barriga saliente hahahaha!


Assim como o Bad Religion, os caras do The Offspring também estão na casa dos 50 anos, mas tem uma super energia e arrasam muito no show! ♥


Pra voltar pra casa foi uma aventura. Era segunda-feira, no dia seguinte eu tinha que acordar ás 05:50 como de costume. Quando acabou o show o Uber estava dando um absurdo de caro, afinal tava todo mundo pedindo. Já era 00:30 não era mais pra ter ônibus, mas resolvi ir no ponto mesmo assim e por sorte um ônibus apareceu, peguei e consegui chegar até o terminal e de lá chamar um Uber. Até chegar em casa e tomar banho era 02:30 da manhã, fui trabalhar destruída no dia seguinte, mas valeu muitooo a pena. Só tenho que agradecer! ♥

O Thanks For The Memories de hoje é somente sobre esses shows, se não o post ia ficar enorme, então caso você queria ver os posts anteriores dessa categoria, segue os links aqui em baixo:

01 ♡ 02 ♡ 03 ♡ 04 ♡ 05 ♡ 06 ♡ 07 ♡ 08 ♡ 09 ♡ 10 
11 ♡ 12 ♡ 13 ♡ 14 ♡ 15 ♡ 16 ♡ 17 ♡ 18 ♡ 19 ♡ 20 ♡ 21 ♡ 22 ♡ 23 ♡ 24 ♡ 25 ♡ 26 ♡ 27 ♡ 
28 ♡ 29 ♡ 30 ♡ 31 ♡ 32 ♡ 33 ♡ 34 

Music Monday

em 18 de novembro de 2019


Encerrando nosso trio de posts falando sobre a Hella Mega Tour, hoje temos os caras do Green Day e seu mais novo lançamento.
Pra quem está perdido, a Hella Mega Tour é a turnê conjunta que as bandas Green Day, Fall Out Boy e Weezer irão fazer juntos em 2020. Como eu gosto muito de todas essas bandas e por essa novidade ter sido um 'boom' no mundo do rock a cada semana estou compartilhando no Music Monday os lançamentos que cada uma delas também lançou juntamente com o anúncio dessa turnê.
O Green Day estreou o single “Father of All Motherfuckers”, faixa título de seu novo disco. O álbum chega as lojas em fevereiro de 2020. Com um vídeo clipe ao estilo Glam Rock que conta com várias imagens que não dialogam entre si e que apesar da ausência de contexto, elas têm algo em comum: todas expressam movimento, revolta, paranóia, histeria e caos.
A música pode soar estranha para os fãs da banda, pelo menos nas primeiras ouvidas. Com muito efeito na voz de Billie Joe o som lembra um glam rock ou algo do tipo. Uma música de festa mesmo! 
Em recente entrevista para a Kerrang! a banda disse algumas coisas importantes para entendermos essa nova fase, sobre o título do álbum/single:

Father Of All Mother Fuckers é um título ousado…

"Seja ousado!" Vem a resposta rápida de Billie Joe. "Seja corajoso!"

(...) o Green Day começou a explorar coletivamente coisas que nunca haviam experimentado antes "com ritmos e criando espaço entre vocal e bateria". Foi uma parceria que adicionou novas camadas e ensinou à banda novas maneiras de abordar seu ofício.

“Você quer voltar e fazer a mesma coisa de sempre?” - Medita Tré na mentalidade dos fãs saindo da Revolution Radio e entrando no Father Of All Mother Fuckers. "Não queremos fazer o que todos esperam que façamos, por isso foi meio travessura e divertido. Essa foi a conclusão.”

"Há uma linha muito fina enfiando a agulha para nós, porque queremos experimentar coisas novas, mas sempre queremos garantir que seja o Green Day absoluto, sabe?", Diz Billie Joe. "É uma linha muito fina - inteligente e estúpida (risos). Mas o credo do Green Day é travessura, não importa o quê. Nós sempre caímos na brincadeira e queremos foder com as pessoas... a ponto de ser abusivo! ”Ele brinca enquanto Mike e Tré riem ao seu lado.

E embora as músicas nunca sejam superadas por 26 minutos de Father Of All Mother Fuckers, as esperanças do Green Day para o álbum - e o que os fãs tirem dele - são profundas e duradouras.

"Liberdade", por um lado, é o principal objetivo de Tré.

"Liberdade, totalmente", afirma Billie Joe. “Liberdade de dançar. Acho que esse será um dos discos mais difíceis que já fizemos, o que significa que o som é difícil. Mas não tentando recriar o Insomniac ou algo assim. É apenas diferente, e isso, para mim, é super emocionante.”

"É emocionante pra caralho", concorda Mike. "Estou pronto para estragar tudo (risos). Vai ser divertido. Nós queremos sair e nos divertir muito, curtir nossa turnê e curtir nossa vida nesses tempos absolutamente caóticos que temos agora. De qualquer maneira, estamos perdendo a cabeça - é melhor sairmos fazendo um grande barulho.”

"Eu acredito firmemente que o Green Day é a banda mais malvada do planeta, então é com isso que estou animado", diz Billie Joe, "e acho que é isso que realmente aparece no novo álbum." 

Depois dessa entrevista dá pra perceber onde eles querem chegar com esse novo som, mesmo sendo diferente de início é sim Green Day, um Green Day divertido e que com mais algumas ouvidas na música tudo se encaixa e só queremos curtir.
O clipe também é bem animado, eu particularmente adoro essa coisa glam e amei o figurino dos caras.

"Eu acordei com uma mensagem de amor
Sufocando com uma fumaça de cima
Estou obcecado pelo veneno e por nós
Que bagunça, porque não há ninguém para confiar
Huh-uh, venha, querida
Huh-uh, conte sua grana
Huh-uh, o que é tão engraçado?
Há um tumulto vivendo dentro da gente
Eu tenho paranoia, amor
E é tão histérica
Pirando sob pressão
Procurando por um milagre
Huh-uh, venha, querida
Deitando em uma cama de sangue e dinheiro
Huh-uh, o que é tão engraçado?
Somos rivais no tumulto dentro da gente
Estou impressionando com a presença de ninguém
Estou possuído pelo calor do sol
Se apresse, porque estou criando uma confusão
Cruzando os dedos, porque não há ninguém para confiar"



Curta a página da banda no Facebook
Siga a banda no Twitter

Siga a banda no Instagram

Apoie a cena!

Museum Of Me & Caffeine

em 12 de novembro de 2019


No Shopping Mueller aconteceu recentemente o Museum of Me - Um mergulho em sua alma digital. Essa exposição apresenta uma viagem nas postagens do Instagram e Facebook, em um cubo com efeito caleidoscópio, formado por vários displays e espelhos. Basta inserir o username do Instagram e em segundos a história de cada usuário será exibida, em forma dinâmica, ao longo de um minuto e meio, onde cada pessoa ficará imersa em seu mundo virtual. As fotos aparecem e somem nos displays, acompanhadas de comentários, hashtags e localizações.
Eu e a Carol achamos um máximo e fomos ver como realmente é. Esse cubo em forma de caleidoscópio é muito bonito, mas ficamos meio frustradas por ser muito rápido e porque apenas é mostrada fotos mais recentes. Seria muito mais legal se pudéssemos ver fotos antigas, das quais nem lembramos mais, pra poder reviver aquilo. Por isso essa parte deixa bastante a desejar. É mais bonito e tecnológico do que qualquer outra coisa.




O efeito que dá é muito legal!



Essa experiência já passou por algumas cidades e ficou em Curitiba até o dia 7 de novembro com entrada gratuita. Esse post era pra ter sido publicado bem antes, mas não deu certo :(



Carol e suas fotos incríveis, acompanhe o trabalho dela @carolbouard ♥


Depois disso fomos tirar algumas fotos no Largo da Ordem, eu adoro andar por lá, é um bairro super urbano com grafites muito legais e coloridos! E também fomos conhecer o café Caffeine. Esse lugar chamou a atenção de muitas pessoas e 'viralizou' na internet após a dona fazer um post de desabafo, contando que as coisas não vão bem, que eles tem poucos clientes e muitas dívidas, que esse é o sonho dela e do marido... Enfim, foi um post que bombou muito aqui em Curitiba e muitas pessoas se sensibilizaram com isso. 
Pra ajudar e pra conhecermos o lugar eu e a Carol fomos tomar um cafézinho lá. O lugar é pequeno, mas muito bonitinho. Não tem muita opção de comida, mas a empanada, o cookie vegano e o cappuccino são bem gostosos. Vale a pena prestigiar e tudo isso também serviu pra valorizarmos mais os negócios locais.






Meu Look
Calça: Frame denim
Camiseta: Highlight Sounds
Jaqueta: Billie Brothers
Tênis: All Star





O Caffeine Café fica na Rua Trajano Reis, 115 - São Francisco
Funcionamento de terça a quinta, das 13h às 21h
Sexta, sábado e domingo, das 14h às 22h

Foi um domingo de passeios calmos, mas bem gostoso! ♥

Music Monday

em 4 de novembro de 2019


Como eu já havia comentando nesse post, as bandas Green Day, Fall Out Boy e Weezer farão uma turnê juntos no ano que vem, é a Hella Mega Tour. No post anterior eu comentei sobre o lançamento do Fall Out Boy, hoje vou comentar sobre as novidades do Weezer!
Weezer é uma banda que lança muita música em pouco tempo o que é ótimo para os fãs. Eu fico pensando em quanta criatividade Rivers Cuomo não tem heim? Ele é incrível.
Além da turnê, eles anunciaram um novo álbum chamado Van Weezer, e também o vídeo para a música “The End of the Game”, primeira inédita do disco. O clipe mostra uma festa cheia de jovens e uma criatura bem esquisita. A sonoridade traz elementos do metal, que devem estar presentes por todo o álbum que chega as lojas em maio de 2020. 
O vocalista Rivers Cuomo falou sobre o novo trabalho:

“É tipo o Blue Album mas com mais riffs... Riffs de metal, de hard rock. Mas ainda é um pop rock bastante chiclete”.

Ele ainda explicou de onde veio a ideia de um álbum com mais guitarras:

“Em nossos shows, percebemos que nos últimos anos a plateia pirava quando eu fazia algum solo, um tapping, ou um whammy. O público adora esse tipo de coisa. Então começamos a fazer mais e mais. E de repente estávamos destruindo a guitarra durante o show todo. Então precisávamos fazer um álbum nesse estilo”.

Eu gostei da música, a voz do Rivers é inconfundível, então mesmo que tenha um toque de metal e muita guitarra é impossível não perceber que estamos falando de Weezer. O clipe é engraçadinho, vale assistir! 

"Hey Suzy, por onde você andou hoje?
Estou te procurando em todos os lugares
Nenhum sinal de você quando acordei
Estou em uma ilha sem sol
Sinto que te conheço a minha vida toda
Você me fez chorar como quando o Aslan morreu
Agora, você se foi
A melodia não consegue te encontrar
Estou incompleto sem você
Acho que chegamos ao fim do jogo
Sei que você iria aumentar esta música
Fazendo air-guitar com seus fones de ouvido
Nós curtimos os mesmos tipos de melodias
Aquelas que te trazem para perto de mim
Eu era o Mick e você era a Marianne
Você fazia a harmonia quando eu me sentia mal
Mas agora, você se foi
Eu sou o seu preferido ou sou o seu caretão?
Com todos esses extremos que eu passo
Tudo que eu quero é ser querido por você
Tudo que eu quero é ser querido por você"

Festa de 10 anos de Tecnologia em Produção Cênica - UFPR

em 31 de outubro de 2019


O curso do qual eu sou formada, Produção Cênica completou 10 anos de existência e eu fui da segunda turma; entrei na faculdade lá em 2010. Caramba o tempo passa muito rápido! Pra comemorar a Titi, uma das professoras mais queridas do curso organizou uma confraternização no Bar Ornitorrinco, nome engraçado né? Hahaha
Todas as turmas foram convidadas e pra nossa surpresa somente eu e a Marta estávamos lá da turma de 2010, e olha que eu e ela éramos as mais quietinhas e as mais "excluídas" da turma. As coisas mudam não é mesmo hehe.
Foi muito bom e divertido ter ido, deu uma nostalgia boa. Um sentimento de gratidão por ter tido a oportunidade de viver tudo aquilo. Não foi fácil, nada fácil. Mas se eu não tivesse passado por tudo aquilo eu não seria o que sou hoje. Claro, que se eu tivesse vivido aquelas coisas hoje em dia teria aproveitado muito mais, mas são fases e tudo valeu a pena! 
Rever a professora Titi e ela lembrar do meu nome, ver o professor Allan o qual eu reprovei algumas vezes e só fui passar a gostar da matéria dele depois de refazer a mesma já quase saindo da faculdade, o professor Ary super carnavalesco... Alguns alunos de outras turmas que são conhecidos e que lembraram de nós... Foi muito bom mesmo! ♥



Drinks! O bar é bem bacana, pequeno mas super aconchegante. Pretendo ir mais vezes.


Lembrete importante na parede do banheiro!



Chopp!


Não sei porque as fotos ficaram em tamanhos diferentes... Vai assim mesmo.


A Marta é a única amiga próxima que fiz na faculdade, eu adoro ela. Ela é incrível! ♥



Foi uma noite divertida e nostálgica. Mas e vocês já participaram de alguma festa assim? 


Music Monday

em 28 de outubro de 2019


Hoje é dia de novidade fresquinha aqui no blog; a banda indicada de hoje são os caras do Fall Out Boy
Recentemente o mundo da música, mais especificamente o mundo do pop punk bombou com a novidade da turnê Hella Mega Tour que reúne as bandas Green Day, Fall Out Boy e Weezer. Sim, as três bandas irão fazer uma turnê juntas em 2020. E além de anunciarem essa turnê cada uma das bandas lançou um novidade; farei um post sobre cada uma dessas news começando hoje pelo Fall Out Boy!
A banda irá lançar “apenas” uma compilação de seus sucessos. Se trata de Believers Never Die Pt. 2, uma continuação da primeira coletânea lançada em 2009, quando a banda na época entrou em hiatus. O grupo divulgou a nova “Dear Future Self (Hands Up)”, com  participação de Wyclef Jean. O álbum sai no dia 15 de novembro.
Eu gostei muito da música, é bem dançante e animada, bem ao estilo do novo Fall Out Boy. O clipe é bem colorido, fofo e cheio de sorvete! Pra ajudar na divulgação, Pete Wentz baixista da banda comprou um caminhão de sorvete e fez todo o layout do mesmo no estilo do clipe. Enquanto os fãs esperavam na fila por um show secreto que a banda faria em Los Angeles o próprio Pete estacionou seu caminhão por lá e serviu sorvete aos fãs. 







Eu estou animada para esses novos lançamentos! ♥

"Mãos para cima, pronto para o boom
Não importa o lança-mísseis, estou falando sobre um som
Você pode ouvir a gente chegando com o zoom
Ouça o boom boom, estamos arrebentando tudo
Estamos preparados para a turbulência
Mas não há preparação para isso
Recebi o pagamento na terça-feira
Mas ainda estou quebrado quando o final de semana termina
Mais uma viagem em volta do sol
Foi uma boa jornada
Só misturando todos os medicamentos com meus problemas
As ruas estão cheias de estações
Vi o que eles fizeram com Jesus
O cara vai te matar sem motivo algum e te acusar de traição
Eu conheço este com certeza
Meu telefone, eles colocaram na escuta
Porque toda vez que falo, posso ouvi-los de fundo
Mãos para cima, pronto para o boom
Ela está se contorcendo como se tivesse enlouquecido
Toc toc toc toc
Quem é?
Ela disse que é uma visita surpresa
É uma fantasia minha, eu vou amar
Mãos para cima e não recuse
Eu quero te tatuar em mim
Olha para o que você criou
Querido eu do futuro
Espero que esteja indo bem
Estou bêbado com um uísque parado no hotel do aeroporto"



Curta a página da banda no Facebook
Siga a banda no Twitter

Siga a banda no Instagram

Apoie a cena!

Almost Summer

em 18 de outubro de 2019


Fazia muito tempo que eu não vi a Talita, nossas vidas são corridas, quando uma podia a outra não podia e o tempo foi passando... Até que finalmente no domingo 13.10 conseguimos dar um rolê juntas! 
Foi muito bom revê-la, e mesmo depois de tanto tempo nossa amizade continua do mesmo jeitinho ♥
O dia estava bem calor, então fomos tomar um chopp na Rua Itupava. É uma rua cheia de barzinhos legais, nesse dia não estava tão cheio acho que por ser domingo a tarde, mas deu pra aproveitar super e como de costume levei minha câmera e tiramos algumas fotinhas. Espero que vocês gostem!



A decoração das unhas é invenção minha haha!



Felizona, nem parece que tem alma emo haha!





Olha essa luz que legal, Talita lindona!




Chopp de vinho ♥





E foi esse nosso domingo bebendo e colocando os assuntos em dia hehe. E vocês curtem tardes assim? Conta pra mim.
© Hey I'm With The Band | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.